5 Fotos Péssimas de Turista e Como Você Pode Fazer Melhor

cameras Five Terrible Tourist Photos and How You Can do Better

Escrito por Ed Graham, escritor e fotógrafo que vive em Chicago. A paixão pela fotografia começou há mais de uma década, e por onde ele viaja traz imagens nada menos incríveis. Para ver mais sobre o trabalho dele, acesse o site The Polar Route.

Sempre tem alguém pra dar dicas e citar regras de como tirar boas fotos. Regra dos Terços, regras de composição, regras de cropagem e por aí vai. Tantas que dá vontade de deixar a câmera em casa.

Ninguém gosta de regra, e sempre tem aquela ideia de que “regras existem para serem quebradas”. Então para que servem?

As dicas a seguir não têm nada a ver com regras; são apenas lições que eu aprendi nesses anos tirando fotos péssimas de viagem (e algumas boas também). É fato: prometo que que suas fotos de viagem vão ficar melhores se você incorporar essas dicas na sua rotina de fotos.

Foto Péssima de Turista #1: A Mona Lisa

Solução: Tire menos fotos.

É difícil resistir e manter a câmera dentro do case quando a multidão de turistas ao seu lado está tirando fotos sem parar, mas tirar menos fotos vai ajudar você a tirar melhores fotos.

É incontável o número de turistas que fica tirando o tipo de foto que eu chamo de “Eu Estive Lá”. Estas fotos evocam apenas memórias, e não sentimentos, e são o tipo que vai fazer bocejar a pessoa pra qual você vai mostrá-la depois.

A Mona Lisa no Museu do Louvre de Paris é o exemplo perfeito. Raros são os que realmente olham para a Mona Lisa. Em vez disso, os turistas acabam vendo o quadro pela lente de suas câmeras ou celulares, e vão enchendo seus cartões de memória com imagens que seria melhor copiar da Wikipedia se realmente quisessem ver a foto dela. Não seria melhor de fato olhar e apreciar o bendito quadro?

Tirar menos fotos ajuda você a enxergar mais. As melhores fotos turísticas evocam mais que memórias, elas evocam sentimentos, sensações. Procure por imagens raras, que mostrem “como realmente alguém se sente quando está lá”. Eu, pessoalmente, prefiro tirar uma boa foto por dia do que ir pra casa com 1.000 Mona Lisas.

Quando eu olho pra essa foto, me sinto em Istambul de novo.

Foto Péssima de Turista #2: Uma Foto do Nada

Solução: Saiba qual o tema da foto.

Essa é uma foto do quê mesmo?

A foto acima é da grama, da água, das árvores ou dos prédios? Díficil saber, já que não se deu ênfase em nenhuma parte da foto. Hoje em dia, quando eu percebo isso, eu abaixo a câmera e nem me importo em tirar foto de uma paisagem assim.

As fotos precisam de um assunto, um foco, um tema, sejam eles pessoas, edifícios, luz, sombras, formas ou cores. Pergunte a si mesmo do quê você está tirando a foto antes de apertar o botão. Se não conseguir responder a pergunta, não tire a foto. Se conseguir, tente achar a melhor maneira de enfatizar este tema antes de fazer a foto.

Ahh, bem melhor. Dessa vez dá pra ver um foco de verdade e um personagem central. O uso do preto e branco enfatiza o “assunto” ainda mais. Foto tirada em Xitang, na China.

Foto Péssima de Turista #3: Algo Está Faltando!

Solução: Preveja e Planeje.

Essa paisagem no Sri Lanka tem potencial, mas está desorganizada e falta um quê para torná-la especial.

Você vê um bom cenário mas que está falando aquele algo especial? O importante não é apenas fotografar o que está lá, mas também antecipar o que poderia estar lá.

Essa luz poderia ser melhor, alguma coisa incrível poderia acontecer ali? As melhores fotos de viagem raramente são resultado de sorte, mas sim fruto de prever e planejar.

Achei que seria melhor ter alguém atravessando o centro dos trilhos. Também mudei o enquadramento da foto para dar mais ênfase ao personagem.

Foto Péssima de Turista #4: Indo Rápido Demais

Solução: Paciência!

Gostei bastante da luz nesse cenário de Istambul. Foi a primeira imagem que captei nesse cenário, e ficou “dramática” como eu queria, mas o “tema”, os personagens não ficaram tão bem.

De que adianta prever e planejar se você não tem paciência alguma para esperar? Fotografias de viagem quase nunca podem ser tiradas com pressa; então dê a você mesmo tempo para produzir uma bela imagem.

Adorei a luz na cena acima, mas a minha primeira foto falhou ao captar a sensação completa do momento. Acredite: você geralmente vai precisar ficar apenas alguns momentos de pé no mesmo lugar para achar o cenário que vai resultar muito melhor plasticamente.

As sombras, as silhuetas, as pessoas… tudo resultou melhor nessa imagem.

Foto Péssima de Turista #5: A Foto “Depois eu Passo um Photoshop”

Solução: Crie boas fotos. Preocupe-se depois em editá-las.

Foto bem medíocre tirada em Vladivostok, na Rússia. Não há edição mágica que salve.

Todo mundo edita suas fotos. Antes do advento das câmeras digitais, os fotógrafos “de filme” gastavam horas e horas nas seus laboratórios e quartos escuros para trabalhar a exposição da foto, na tentativa de manipular a imagem até a (quase) perfeição.

Edição digital, Instagram e HDR (High Dynamic Range) não são e não podem ser substitutos de boas fotos. São sim, ferramentas auxiliares para tornar boas fotos ainda melhores. As melhores fotos finalizadas são aquelas que começam como boas fotos, essa é a verdade.O mesmo local, com foto tirada alguns minutos depois e com enquadramento bem melhor. A edição me ajudou a chegar ao look que eu queria, mas a foto já começou com uma boa exposição de um cenário interessante.

Mais Uma Dica: Inspire-se nas fotos alheias

Eu adoro ver fotos dos outros. A internet é uma ótima fonte de inspiração, e sempre costumo conferir conferir imagens do meu destino antes de viajar pra lá.

Minhas viagens tendem a ser curtas, com apenas alguns dias em cada nova cidade. Com um tempo tão limitado, fica díficil ficar procurando pelo que ver. Então eu procuro por ideias do que pode ser mais legal, de lugares onde não ir, e de como posso aplicar (ou aperfeiçoar) no meu estilo de fotografar.

Antes de viajar para Xangai, na China, eu sabia que o bairro de Bund seria um lugar ótimo para fotografar ao amanhecer. Então, mesmo acordando cedíssimo e com jetlag, fui direto pra lá, porque eu tinha visto e me inspirado com isso: Shanghai on Flickr. Acabei com algumas das minhas melhores fotos de viagem; totalmente originais e ao mesmo tempo totalmente inspiradas por belos trabalhos alheios.Shanghai Travel photography tips Five Terrible Tourist Photos and How You Can do BetterXangai, inspirada pelo Flickr

 

Um agradecimento especial para Hamed Saber pela foto do Flickr.

 

Gostou? Leia também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 1 =